Produção de etanol: Fermentec recebe prêmio BestBio

Produção de etanol

Henrique Neto e Henrique Amorim recebem Prêmio BestBio 2012. Foto: Alessandro Reis

Reconhecer e estimular as iniciativas inovadoras para a produção de etanol, bioeletricidade e biotecnologia foi o objetivo do Prêmio BestBio 2012. A Fermentec concorreu na categoria biocombustíveis e venceu com o case sobre fermentação com alto teor alcoólico e a tecnologia do ECOFERM.

Para o diretor operacional da Fermentec, Henrique Neto, o BestBio é o reconhecimento da importância do ECOFERM, tecnologia desenvolvida pela Fermentec e Dedini, para a redução de custos no setor sucroenergético “O ECOFERM significa redução de água e diminuição do volume de vinhaça pela metade, sem perder os principais componentes deste subproduto, como minerais, potássio e enxofre (sulfato). Tudo isso vai reduzir os custos com a distribuição”, explica Henrique Neto.

Com a tecnologia, é possível fazer a fermentação com até 16% de teor alcoólico, com o rendimento, e com produção de até cinco litros de vinhaça por litro de etanol. Se as 435 usinas do país diminuíssem em 50% a produção de vinhaça, isso representaria uma redução de 160 bilhões de litros do resíduo por ano.

O Prêmio BestBIO está em sua primeira edição. É uma iniciativa independente da Procana Brasil para incentivar a sustentabilidade pela divulgação e reconhecimento aos melhores cases da bioeconomia brasileira, com ênfase no desenvolvimento e geração de energias limpas e renováveis A solenidade de premiação foi realizada simultaneamente ao F.O. Lichts Sugar & Ethanol Brazil.

Esta entrada foi publicada em Eventos. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe um Comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>