Soluções SUEG para o laboratório PCTS 4.0

Introdução

A SUEG ao longo desses 43 anos desenvolve e fornece ao setor sucroenergético equipamentos e soluções inovadoras para laboratórios de pagamento de cana por teor de sacarose – PCTS.

Com a evolução dos equipamentos e acompanhando as necessidades reais da rotina do laboratório, apresentamos um conjunto de equipamentos que atendem as normas de segurança NR-12 e possibilitam a automação do processo de preparo e analise de cana.

Os equipamentos que compõem o conjunto são:

Alimentador automático SUEG para desfibradores (Patente Requerida)

Tecnologia patenteada que substitui a operação manual de alimentação do desfibrador realizada por um operador.

  • Processo automático
  • Sem riscos de acidente
  • Maior número de amostras

Novo desfibrador SUEG

A SUEG apresentou em 2017 o seu novo desfibrador modelo SG-D.500 homologado junto ao Consecana-SP que apresenta os seguintes diferenciais:

  • Bocal de acoplamento evitando acidentes ao operador (Patente requerida);
  • Sistema de motofrenagem;
  • Facilidades mecânicas com peças de desgaste facilmente removíveis;
  • Confiabilidade nos resultados analíticos;

Novo Homogeneizador automático SUEG (Patente Requerida)

Em 2018 foi homologado junto ao Consecana-SP apresentando os seguintes diferenciais:

  • Segurança ao operador;
  • Totalmente automático do recebimento ao descarte;
  • Limpeza interna automática;
  • Sem emissão de ruídos.

Esteiras para analise NIR

Diferencial da Esteira SUEG com o Novo Homogeneizador SUEG

  • Amostras de controle exigidas pelo Consecana-SP são homogeneizadas sem a necessidade de retroceder o processo;
  • Segurança e eficiência operacional.

Com esses equipamentos trabalhando em conjunto surge a solução exclusiva e patenteada PCTS 4.0 em termos de preparo e analise de cana.

A cana oriunda da sonda obliqua é descarregada no alimentador automático (que substitui o operador que alimentava o desfibrador manualmente) sendo desfibrada e homogeneizada e descarregada sobre a esteira, passando então pelo NIR para as análises de POL, Brix e Fibra.

Os equipamentos se encontram em operação em diversos clientes que vem colhendo os benefícios dessa evolução:

  • Processo totalmente automatizado do recebimento ao descarte;
  • Mínima interferência do operador;
  • Baixa emissão de ruído;
  • Atende a Norma NR-12;
  • Analise por tecnologia NIR (não fornecido pela SUEG);
  • Confiabilidade dos resultados;
  • Aumento da eficiência operacional.

Conclusão

O futuro é agora, faça parte e usufrua você também desses benefícios.

A Sueg é patrocinadora do Webmeeting Fermentec 2021/22 Reunião Início de Safra.

Esta entrada foi publicada em Reunião de início de safra e marcada com a tag . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *